violentar-se

eu quero que você me engula
mas antes, mastiga minha alma
crava os dentes com força na minha pele
na parte mais suja e humana de mim

me massacra, me tritura, me  degusta
me dissolve na sua saliva
e sente na língua a textura dos meus medos
o furor das minhas vontades
e o amargo da minha solidão

até que dentro de você eu me torne
essa bola indigesta que sou
e se você não me botar pra fora
não me expulsar, não me vomitar
até sentir o gosto da bile na garganta

eu fico

eu fico e estanco o sangue que jorra
do pedaço que você arrancou
eu fico e viro água com açúcar
pra tirar o gosto ruim da sua boca
toda vez que eu te beijar
e dar calma e doçura aos dias que virão

2 comentários:

  1. Expressar-se em versos é respirar submerso. Belíssimo!
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, o duro é quando dá vontade de viver submerso e não sair nunca dessa submersão. Muito obrigada!

      Excluir