sexta-feira,

enquanto saíamos do bar
para nos enrolar nas cobertas
alguém morria de frio

alguém era consumido por um buraco
que nasce dentro do peito
e se alastra por todo o corpo
destruindo a capacidade
de permanecer com vida
porque frio é físico
mas frio é falta,
e bastaria um abraço

deve ser esse o jeito mais solitário de morrer

"o brasil não está preparado pra tanto frio"

ainda bem que eu tenho você