conformidade boa

se a vida não me pergunta mais
de quem sinto saudade

e meu mundo parou de girar
em torno da sublime vontade

restou-me o contentamento medíocre
de quem vive colado ao chão

e o sorriso de segunda-feira
que acompanha o sol

do nascimento à despedida