mudança de clima

Hoje o sol cessou e o dia amanheceu nublado como eu. Nas nuvens, a chuva. Nos olhos, as lágrimas. Ambas insistindo em não cair, ambas causando aos observadores aquela angústia, de quem está na iminência de desabar mas tem que permanecer firme. À noite sonhei com você, me abraçava tão forte que me faltava ar. Abro um livro, ainda na cama, que fala de alguém com nome e signo iguais aos seus. Fecho o livro e me pergunto se você é um daqueles caminhos errados, que Deus nos afasta mesmo contra a nossa vontade. Ainda não sei a resposta, mas no fundo deve ser mesmo isso. A gente escolhe nosso próprio destino, se sente dono do mundo, dono de si, e pensa que é simples assim. Eu desistiria de escrever pra viver uma vida tranquila ao seu lado. Mas por enquanto continuo aqui. Sentindo, bebendo, explodindo, doendo, vivendo, escrevendo palavras.

2 comentários:

  1. parece que os dias que se passaram tem sido sempre cinzas apesar do calor insuportável... hoje não só pareceu cinza, o dia se pintou de cinza pra combinar com tudo isso, talvez.

    ResponderExcluir