ser só

A solidão pode não ser boa companhia. E acaba doendo muito quando não é opcional. Danço uma valsa triste comigo mesma, uma valsa que não é do meu tempo. E hoje de manhã, quando minha avó me disse que estava fraca, eu me senti mais fraca ainda. Ela não é minha força, mas é uma das fontes. Forças deveriam  surgir do nada, quem sabe assim eu seria forte suficiente para voltar a ser minha. Aos dezesseis cansei de ser minha. Não sei se foi meu reflexo no espelho, que me soou desinteressante em demasia, ou se a vontade de compartilhar foi tanta, que acabei decidindo doar-me ao mundo. O mundo não retribuiu, não me deu partes dele; ou se deu, escolheu as piores. Só por isso baby, só por isso eu queria não ser metade. Pra voltar a sorrir de novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário